Eu tenho uma namorada tem uma namorada tem uma namorada

Como Conseguir uma Namorada. Você pode até achar que conseguir uma namorada é uma tarefa hercúlea, mas não é bem assim! Não desista. Comece por conhecer mais garotas em grupos de estudos, eventos e por meio de seus amigos. Em seguida, seja... Eu tenho a sorte de ter em minha vida uma pessoa iluminada. Você é o meu sol, quando o dia amanhece nublado, é o meu verão quando o inverno insiste em ficar. Você é uma flor tão linda, que todos os beija-flores querem beijar. E tem tanto mel que todas as abelhas lhe querem tocar. Você me faz querer sussurrar as palavras mais doces, e depois transformá-las em canção de ninar. Com ... Eu tenho uma namorada imaginária. ... Cara, eu amo ele, a gente tem uma sintonia gostosa, trocamos muito mas ele ficou realmente obcecado com esse fetiche. Ele tem alguns transtornos depressivos e parou a medicação recentemente, fiquei pensando se isso não tinha ligação, tentei ser compreensiva e até banalizei o fato dele querer me ... li tds comentarios para fazer apenas uma pergunta, tenho 21 anos e minha namorada tem 15 anos ela completa seus 16 em setembro , só que essa semana a mae dela ficou sabendo que ela num era mas virgem e a colocou para fora de casa ela veio para minha casa ficou 2 dias e a mae dela ligou para ela voltar para casa e agora a mae dela vai para o rio , por esse motivo quando ela completar os 16 ... Eu tenho um irmão, e meu irmão tem uma namorada. A minha cunhada(a namorada dele) tem um irmão. O que ele é meu? Estou ficando com uma pessoa a quase umm ano, porém ele tem namorada e eu também tenho namorado o que fazer? Eu acho que estou apaixonada por ele, pois quando estamos juntos ele me faz sentir tão especial, mas não sei o que, de fato, ele sente por mim, estou muito confusa. eu tenho uma namorada gosto muito dela só que ela esta distante de mim e tem uma garota afim de mim o eu faso Clique aqui 👆 para ter uma resposta para sua pergunta ️ eu tenho um namorado, esse namorado tem um irmao, esse irmao tem uma namorada, oque essa namorada e min… Eu não sou branco, não tenho cabelo preto e não gosto de usar barba,... Tem como arrumar uma namorada sendo fora desse padrão? 0. anônimo 84 21/09/2020 19h33. Eu vou ver os namorados das mulheres que vejo por aí, sempre segue um padrão, homem branco, com barba preto, cabelo preto. Eu não sou branco, não tenho cabelo preto e não gosto ...

tenho medo de ter deixado minha namorada enjoada de mim

2020.09.27 00:09 hanigares tenho medo de ter deixado minha namorada enjoada de mim

basicamente, é o seguinte: tenho passado por uma situação complicada aqui em casa. essa semana cortaram a água já que meu pai fez uma dívida que chega a duas dezenas de milhares, e eu me senti muito mal por ter que passar por isso pela irresponsabilidade dele, me senti muito sobrecarregada. acaba que eu reclamo com a minha namorada pois ela é meu porto seguro, e sempre me pede para falar como me sinto. ontem foi o pior dia até agora, passei por uma crise de ansiedade e acabei não prestando muita atenção nela, perguntando como ela se sentia, e cobrei carinho dela pq era o que eu realmente precisava na hora. acontece que ela n estava se sentindo bem, pedi pra ela ser sincera comigo, e ela disse que eu estava colocando muito a raiva da minha casa nela, e que fico remoendo coisas ruins, mas no caso dela, tem muitas coisas acontecendo na casa dela, ela comenta sobre e depois passa, deixa pra lá. pedi desculpas imediatamente, claro, e não gostaria de receber conselhos sobre fazer outras coisas pra me distrair e não sobrecarregá-la e tal, eu sei disso e faço, tô tomando mais cuidado agora, preciso prestar atenção nela. mas depois dessa nossa discussão ontem, sinto que ela não está tão carinhosa comigo, que talvez tenha ficado enjoada de mim pelo que aconteceu. talvez seja apenas impressão minha, já que estou nervosa nos últimos dias e não tenho me sentido eu mesma/muito bem com essas coisas e com problemas de autoestima, logo minha percepção sobre como outros me veêm também é alterada. precisava desabafar sobre isso, espero que seja só coisa da minha cabeça pq estou muito carente, logo espero mais do que o que poderia receber. espero que fique tudo bem, eu amo muito ela e não quero fazer mal pra ela.
submitted by hanigares to desabafos [link] [comments]


2020.09.26 04:04 ChupaCuXXX Eu Cansei de ser eu

Sabe eu tenho uma namorada e esse mês faria 2mês q estamos juntos e assim ela tem um amigo q ela fala muito dele sabe ela tem uma enirme consideração por ele mas o caso é que eu fui conhecer ele sabe e assim eu faço as coisas inconcientimente e acabei dando uma de Cinico nao propositalmente muitas vezes na real e por causa disso minha namorada esse amigo tiveram uma conversa sobre mim e minha namorada ja passa por uns apertos psicologicos sabe e recentemente em uma call com ela e ele eu resolvi desabafa e desabafando e mostrando tudo a minha maneira acabei tocando numa ferida do passado dele porem eu nem sabia e isso machuco muito ele e ele comento com a minha namorada e sla minha namorada pelo fato de me amar nao quer ver a vdd (eu acho) sabe eu sou um hipocrita,bbk, idiota e etc... e sla ela so se machuco cada vez mais por minha causa tudo pq eu faço as coisas sem percebe eu sla so to cansado de ser eu,eu so faço merda sei q é um fator humano mas sla eu machuco a unica pessoa q amo de vdd
submitted by ChupaCuXXX to desabafos [link] [comments]


2020.09.26 03:46 amyciax Me sinto sufocada...

Bom, estou escrevendo pois preciso desabafar e não tenho ninguém e nem confio em alguém. Já faz 1 ano que me sinto inútil, puta, boba etc.. Meu problema é o amor, só me machuca. Tudo começou há exatamente 1 ano e 9 meses, me apaixonei pelo motorista de ônibus que passava perto de onde eu estudava, ele sempre me encarava me retrovisor...Um dia teve um evento na escola em que eu estudava e eu fui falar com ele para perguntar horário e daí começamos a conversar e ficar cada vez mais próximos, o tempo foi passando e eu queria algo a mais, porém nunca comentei nada, uns 6 meses depois eu descobri que ela tinha esposa, quando eu descobri foi um "choque" tão grande e eu chorei muito, mas muito mesmo...Depois disso nunca mais fui a mesma, eu fui me encontrar com ele depois de 1 semana, perguntei a ele sobre sua esposa e ele tentou se explicar de todas ás formas, disse várias coisas fofas, conseguiu me manipular, e eu desculpei ele... Ele me pediu em namoro e eu aceitei, ele era muito ciumento comigo, eu não podia falar de outros meninos, elogiar, conversar com outros meninos que ele já mandava eu me respeitar falava que isso era coisa de puta, várias coisas do gênero e cada vez eu me sentia mal, sufocada por não poder contar dele pros meus amigos/família e magoada por ele querer me controlar e me esconder de quase todos, mas eu não conseguia me afastar dele, sempre que tentava dava errado e eu voltava para ele. Quando foi um tempo depois ele trocou de linha e eu não encontrei mais ele, conversávamos apenas por mensagem, um dia a mulher dele me ligou várias vezes de madrugada e várias mensagens me xingando de tudo que é nome, eu me senti muito pior do que eu já estava, ela me contou que ele disse que eu era só uma rapariga dele, depois ele tentou se explicar para mim e reclamou que eu mandei os print da minha conversa com ele para ela, acreditei nele mais uma vez e lá vou eu de novo, mas para o alivio de algumas pessoas e meu também, eu não fiquei com ele consegui ver a burrice que eu estava fazendo. Com o tempo fui me recuperando, passou 2 meses e eu ainda amava ele, tentei outros caras, mas não rolava. Eu comecei a esquecer ele depois de ter conhecido um menino da barbearia aqui perto onde moro, faz um tempinho que eu conheço ele, mas só tínhamos conversado quando fui cortar o cabelo lá. Começamos a ficar próximos e aí nós ficamos, mas foi muito rápido, ele queria me encontrar na casa dele, mas enrolei ele e nem fui... Quando foi na outra semana, eu desconfiei que ele tinha namorada pq ele se preocupava dms com as pessoas que iria me ver, então eu ignorei esse fato e fui lá para barbearia perguntar se ele tinha namorada, mas quando cheguei lá, perdi a coragem de perguntar, então ficamos dnv no banheiro, ele queria algo a mais, mas não facilitei para ele, depois quando já estava perto das 19hrs, fui embora cheguei em casa e fui pesquisar o instagram dele, e tinha lá na bio dele o @ dela e essa menina eu vi ela pessoalmente uma vez quando fui lá, na hora que vi eu fiquei chocada não acreditei que estava acontecendo tudo dnv, eu entrei em desespero e chorei muitoo, eu acho que eu gosto dele, mas vou tentar de tudo para não cair no papinho dele.. Eu estou tão magoada, pq sempre são pessoas que já estão em relacionamentos? Pq todos os homens só tem segundas intenções comigo? Eu não aguento mais... Pode parecer drama, mas isso me machuca muito e me faz muito mal, eu sou bastante ansiosa e emotiva, acho que isso pode me levar para uma depressão...
submitted by amyciax to desabafos [link] [comments]


2020.09.25 14:39 supfresh123 Desabafando e procurando conselhos. 26A M Bi

Me desculpem pelo textao mas eu vou tentar resumir o maximo possivel, mas é bem complexa mesmo a minha situação.

Nunca namorei, mas nao gosto de uma mina faz anos, desde os tempos de escola(por outro lado, a vida social eh quase nula, entao eu nao conheco gente nova ou coisa do tipo) mas a atraçao existe. Ja com menino, a atraçao/curiosidade existia(apesar de nunca insistir nela) mas nunca gostei de nenhum menino, só amizade mesmo.

Até que tudo mudou uns 2 anos atrás, conheci um cara, num jogo, ficamos amigos pra caralho, e comecei a sentir atraçao por ele também. Até ai nada de novo, o problema é que já se passaram 2 fucking anos e ainda gosto pra caramba dele como amigo, no nível da gente não ficar 1 dia sem conversar e tals e contar tudo um pro outro PORÉM a atração não somente ainda existe, como também ela só aumentou nesses 2 anos, coisa que nunca tinha rolado antes, não sei se é por existir essa amizade platônica ou se é a carência msm que chegou num certo ponto. lol

Aí vem o dilema, ele é hetero até que se prove o contrário, tem uma namorada de outro estado, que vê basicamente a cada 2 meses, e ele me diz que só ta com ela pq ele sente falta de alguem pra ficar junto deitado assistindo um anime, e isso acalma ele, que tem crise de panico e ansiedade. etc..
Ele fala muita brotheragem, sei lá, eu sei que é normal demais entre homens esse tipo de brincadeira, só que ele faz bastante mesmo.
"Ah use o gaydar" Cara eu não confio nisso dai não, porque se eu for por ele, eu diria que ele é bi 100%, no minimo curioso(apesar de o fato de eu gostar dele pode atrapalhar nesse julgamento), mas o melhor amigo do irmao dele, e que é também amigão dele, é Bi assumido e eu nunca desconfiei, normalmente acabei virando amigo dele tbm, como do irmão dele pra caramba. Ja viajei pra casa deles(mora em outro estado), viajamos juntos etc.
Ele me chamou já algumas vezes pra irmos numa boate, escolher umas garotas e irmos todos pro mesmo quarto(ele ta nem ai que ele namora), dai eu fui descobri mais tarde que o irmao dele, junto desse amigo deles, fazem direto isso, entao é uma coisa bem comum pra eles entre amigos.
Então esse "sinal" eu ignorei, mas tem tantos outros e eu não consigo diferenciar até que ponto é "normal" entre amigos msm.

Sim, ele é meu melhor amigo, a gente fala de tudo um pro outro, mas eu não tenho coragem de falar com ele sobre ser bi etc.. pq nem pra mim eu tenho isso resolvido.
Mas como eu descubro se ele também tem algum tipo de interesse sem ir direto ao ponto? Por outro lado eu não tenho certeza do que eu quero e se eu estou disposto a arriscar a amizade por conta disso, até pq como eu disse, é o meu melhor amigo.

Eu resolvi deixar rolar, porém já tem 2 anos e nada mudou, entao eu vou ter que fazer algo mas . . o que eu faço!!!?Alguem ja esteve numa situaçao parecida? kkkk
submitted by supfresh123 to arco_iris [link] [comments]


2020.09.25 05:17 anetsou Reclusão

Já faz mais de 40 dias que eu não saio de casa. A última vez que eu saí foi nas minhas férias pra visitar a minha família (que mora longe da minha cidade) e desde então nem ao mercado ao fui. Meus amigos moram longe (também em outra cidade e na maioria estão com suas namoradas ou namorados), não tenho namorada, o camarada que racha apto comigo mal fica aqui, ou seja 90 por cento do tempo estou sozinho. A única coisa que eu faço é trabalhar de home office que estou desde março nesse ritmo... Na última semana desativei FB pq não tenho muita vontade de ficar vendo o que postam lá (Instagram nem usava), tirando aqui, o único meio de comunicação é o whatsapp que mal apita tirando mensagem de grupo de família. Perdi a vontade de ficar em Tinder, happn..(perdi a paciência pra cardápio). Estou me tornando uma pessoa reclusa.. Eu sinto que a pandemia foi tirando minha capacidade de me relacionar e socializar pouco a pouco e ainda é um processo em andamento. Nem lembro a última vez que eu gostei de alguém. Comer pra encher a barriga não ter com quem compartilhar as coisas do dia a dia. Eu não faço isso com a minha família pq eles tem a própria vida e todos somos adultos.. anyway, to mudando pra uma versão que eu não conhecia. Vida profissional vai bem obrigado, mas o pessoal anda uma merda. Tá foda.
submitted by anetsou to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 01:05 Enscie Preciso de ajuda! Se alguém puder dar uma luz! Serio mesmo

Sou homem tenho 24 anos e cheguei no meu ápice... Chorei sim, gritei, perdi o controle... entrei em crise e até dei um soco na minha cabeça num momento de descontrole... (Me Arrependo)...
Comecei a trabalhar ontem... onde minha ex trabalha as primeiras horas foi só sofrimento... minha mente querendo ver ela, saber dela, se cruzar com ela... Depois ao ver algumas pessoas novas, bem de vida sabe! E eu não, sofri ao ver a moça falando vou chamar o "TI", Até novembro de 2019 eu era o "TI" numa Instituto federal do estado, Estagiário, mas era o "TI" e curtia ser o cara da solução, deu problema e eu sou o socorro, isso me da satisfação! Mas larguei meu super estagio que meus supervisor queria até fazer por mais um ano o contrato... devia ter ficado... Mas pq namorava e ganhava pouco eu queria fazer uma super comemoração para nos... Num parque aquático ou uma viagem de dois dias... Ou algo super maneiro, mas no fim, mesmo mudando de emprego e sofrendo muito no novo... não rolou nada pois ela desanimou de fazer qualquer coisa.... E fomos aqui mesmo na cidade! Isso me machucou... Não que não foi legal, mas pq não rolou.... Tenho a a sensação que ela nunca me amou, só me queria por perto pq fazia bem... Enfim... Terminamos em janeiro e ainda sofro por ela... Sinto uma dor no coração, uma falta... um pedaço... algo precisa ser preenchido... mas não só isso... Um pensamento constante nela... Fui até na igreja atrás de Deus pra ele restaurar a relação... Fiz isso durante a pandemia em uma que permaneceu aberta com todos os cuidados e tal... Dava umas 5 pessoas, pois eles tem a radio então dava pra o povo acompanhar.... Mas eu queria estar lá, foi bom sim, mas foi mal também... Pois cada mensagem de vai dar certo, vai ser restaurado eu associava a ela e acreditava que ia ter ela de volta... Cada vez mais e mais, até que comecei a ficar ouvindo mensagem o dia todo, buscando um nível em Deus q eu vejo que criei para alcançar o que queria.... Deus existe, mas parece que ele estava o tempo todo tentando me dizer que tem o melhor pra mim e só precisava eu parar e dar ouvidos ao bem que ele estava oferecendo... mas eu foquei nela, ela era o que eu queria e cada mensagem eu buscava achar algo que encaixava pro que eu buscava...
QUE FIQUE CLARO, DEUS É REAL E NOS AJUDA, MAS EU POR TER INDO EM UM LUGAR MAIS CONSERVADOR E ASSOCIADO A MINHA VONTADE A PALAVRA, CRIEI ESPECTATIVAS RUINS EM RELAÇÃO AO QUE EU QUERIA, JÁ QUE EU BUSCAVA ALGUÉM E NÃO UM BEM MATERIAL E ETC... OU O FUNDAMENTAL QUE É O PROPRIO DEUS... E DEUS NÃO PRENDE PESSOAS A ELE E A OUTROS... ENTÃO ACHO QUE ISSO JÁ EXPLICA TUDO.
O PARECE DIFICL E EU ENTEDER ISSO, MAS VOU ENTENDER!
Mas em julho eu larguei mão por não suportar mais esperar por ela e depois de tanto sofrer também fui deixando Deus de lado... Infelizmente... Sabe hoje eu me atrasei no segundo dia de trabalho e por sempre ter chegado atrasado, passado por isso ai... Estar com vários medos e uma ansiedade que aumentou muito depois dessa pandemia eu surtei... Estou sofrendo com insônia também e não dormi direito a noite, menos de três horas noite passada e na anterior o mesmo... e antes um pouco mais... semana passada muitos sonhos que fazia acordar com cabeça pesada... Surtei, chorei e bati na cabeça como falei... acabei por não ir no segundo dia... Acho que vou sofrer uma penalidade no serviço! Infelizmente não sei oq fazer mais.... estou escrevendo isso pois dormi e estou melhor agora! Tive dor de barriga e vontade de vomitar também e até dor de cabeça... Que passou depois da bancada... E na hora até o turbilhão de pensamentos sumiu na hora depois da pancada... ficou claro os pensamentos, mas agora já tem um certo embolo de novo... O trabalho parece legal, o fato ex estar lá me causa certo sofrimento... mas pior que ir lá me ajudou muito... Deu uma alivio no fim do dia... Mas não sei se passo de 45 dias pelo falto de hoje... :(
Não quero ser um peso pra minha família... Não quero ser um peso pra mim, quero que minha mãe sinta orgulho, meu pai, irmão... Pareço um cara frágil que a namorada achava frágil e quando viu esse lado frágil, não surtar pois nunca fiz isso perto dela, nunca cheguei num ápice assim perto dela, já passei por algo parecido mas me recuperei muito em 2015... Então em 2018 achei que estava bem, jogava, saia , conversava e tudo mais... Então me abri pra namorar... ela me achou incrível... mas quando viu que eu tinha ainda alguns traços dessa fragilidade foi em bora... Pois deve ter achado que eu não ia dar futuro... Em fim, talvez eu não creia em mim... Mas as pessoas dizem que eu tenho e tenho dons, talentos, habilidades e tal... ainda mais com TI! Não sei, preciso me ver... uma vez no psicólogo ele me contou sobre narciso e queria que eu olhasse pra mim e se apaixonasse por mim.
Bem só queria saber o que dizer no trabalho amanhã... Tenha um contrato e um compromisso, e posso sofrer multa e ser processado... Enfim, não quero manchar mais uma vez minha carteira... pq quando sai do estagio... logo depois menos de um mês sai do trabalho pois a equipe começo a me seguir dizendo que a forma que eu atendia os clientes e ensinava o soft estava errado e sempre eu falava algo eu via o olhar de desaprovação... mas eu sempre busquei fazer oque aprendi no estagio... se conectar com a pessoa pois a pessoa e que precisa de ajuda e não o soft...Não que eu seja o "cara" mas acho que aprendi certo com meu supervisor e geral na escola gostava de mim e eu era o cara da "Ti", mas não dei o devido valor!
Queria desabafar e me sinto pouco melhor... grato a cada um que leu aqui e se puder dizer algo que ajude, agradeço!
submitted by Enscie to brasil [link] [comments]


2020.09.23 01:03 Enscie Preciso de ajuda! Se alguém puder dar uma luz agradeço!

Sou homem tenho 24 anos e cheguei no meu ápice... Chorei sim, gritei, perdi o controle... entrei em crise e até dei um soco na minha cabeça num momento de descontrole... (Me Arrependo)...
Comecei a trabalhar ontem... onde minha ex trabalha as primeiras horas foi só sofrimento... minha mente querendo ver ela, saber dela, se cruzar com ela... Depois ao ver algumas pessoas novas, bem de vida sabe! E eu não, sofri ao ver a moça falando vou chamar o "TI", Até novembro de 2019 eu era o "TI" numa Instituto federal do estado, Estagiário, mas era o "TI" e curtia ser o cara da solução, deu problema e eu sou o socorro, isso me da satisfação! Mas larguei meu super estagio que meus supervisor queria até fazer por mais um ano o contrato... devia ter ficado... Mas pq namorava e ganhava pouco eu queria fazer uma super comemoração para nos... Num parque aquático ou uma viagem de dois dias... Ou algo super maneiro, mas no fim, mesmo mudando de emprego e sofrendo muito no novo... não rolou nada pois ela desanimou de fazer qualquer coisa.... E fomos aqui mesmo na cidade! Isso me machucou... Não que não foi legal, mas pq não rolou.... Tenho a a sensação que ela nunca me amou, só me queria por perto pq fazia bem... Enfim... Terminamos em janeiro e ainda sofro por ela... Sinto uma dor no coração, uma falta... um pedaço... algo precisa ser preenchido... mas não só isso... Um pensamento constante nela... Fui até na igreja atrás de Deus pra ele restaurar a relação... Fiz isso durante a pandemia em uma que permaneceu aberta com todos os cuidados e tal... Dava umas 5 pessoas, pois eles tem a radio então dava pra o povo acompanhar.... Mas eu queria estar lá, foi bom sim, mas foi mal também... Pois cada mensagem de vai dar certo, vai ser restaurado eu associava a ela e acreditava que ia ter ela de volta... Cada vez mais e mais, até que comecei a ficar ouvindo mensagem o dia todo, buscando um nível em Deus q eu vejo que criei para alcançar o que queria.... Deus existe, mas parece que ele estava o tempo todo tentando me dizer que tem o melhor pra mim e só precisava eu parar e dar ouvidos ao bem que ele estava oferecendo... mas eu foquei nela, ela era o que eu queria e cada mensagem eu buscava achar algo que encaixava pro que eu buscava...
QUE FIQUE CLARO, DEUS É REAL E NOS AJUDA, MAS EU POR TER INDO EM UM LUGAR MAIS CONSERVADOR E ASSOCIADO A MINHA VONTADE A PALAVRA, CRIEI ESPECTATIVAS RUINS EM RELAÇÃO AO QUE EU QUERIA, JÁ QUE EU BUSCAVA ALGUÉM E NÃO UM BEM MATERIAL E ETC... OU O FUNDAMENTAL QUE É O PROPRIO DEUS... E DEUS NÃO PRENDE PESSOAS A ELE E A OUTROS... ENTÃO ACHO QUE ISSO JÁ EXPLICA TUDO.
O PARECE DIFICL E EU ENTEDER ISSO, MAS VOU ENTENDER!
Mas em julho eu larguei mão por não suportar mais esperar por ela e depois de tanto sofrer também fui deixando Deus de lado... Infelizmente... Sabe hoje eu me atrasei no segundo dia de trabalho e por sempre ter chegado atrasado, passado por isso ai... Estar com vários medos e uma ansiedade que aumentou muito depois dessa pandemia eu surtei... Estou sofrendo com insônia também e não dormi direito a noite, menos de três horas noite passada e na anterior o mesmo... e antes um pouco mais... semana passada muitos sonhos que fazia acordar com cabeça pesada... Surtei, chorei e bati na cabeça como falei... acabei por não ir no segundo dia... Acho que vou sofrer uma penalidade no serviço! Infelizmente não sei oq fazer mais.... estou escrevendo isso pois dormi e estou melhor agora! Tive dor de barriga e vontade de vomitar também e até dor de cabeça... Que passou depois da bancada... E na hora até o turbilhão de pensamentos sumiu na hora depois da pancada... ficou claro os pensamentos, mas agora já tem um certo embolo de novo... O trabalho parece legal, o fato ex estar lá me causa certo sofrimento... mas pior que ir lá me ajudou muito... Deu uma alivio no fim do dia... Mas não sei se passo de 45 dias pelo falto de hoje... :(
Não quero ser um peso pra minha família... Não quero ser um peso pra mim, quero que minha mãe sinta orgulho, meu pai, irmão... Pareço um cara frágil que a namorada achava frágil e quando viu esse lado frágil, não surtar pois nunca fiz isso perto dela, nunca cheguei num ápice assim perto dela, já passei por algo parecido mas me recuperei muito em 2015... Então em 2018 achei que estava bem, jogava, saia , conversava e tudo mais... Então me abri pra namorar... ela me achou incrível... mas quando viu que eu tinha ainda alguns traços dessa fragilidade foi em bora... Pois deve ter achado que eu não ia dar futuro... Em fim, talvez eu não creia em mim... Mas as pessoas dizem que eu tenho e tenho dons, talentos, habilidades e tal... ainda mais com TI! Não sei, preciso me ver... uma vez no psicólogo ele me contou sobre narciso e queria que eu olhasse pra mim e se apaixonasse por mim.
Bem só queria saber o que dizer no trabalho amanhã... Tenha um contrato e um compromisso, e posso sofrer multa e ser processado... Enfim, não quero manchar mais uma vez minha carteira... pq quando sai do estagio... logo depois menos de um mês sai do trabalho pois a equipe começo a me seguir dizendo que a forma que eu atendia os clientes e ensinava o soft estava errado e sempre eu falava algo eu via o olhar de desaprovação... mas eu sempre busquei fazer oque aprendi no estagio... se conectar com a pessoa pois a pessoa e que precisa de ajuda e não o soft...Não que eu seja o "cara" mas acho que aprendi certo com meu supervisor e geral na escola gostava de mim e eu era o cara da "Ti", mas não dei o devido valor!
Queria desabafar e me sinto pouco melhor... grato a cada um que leu aqui e se puder dizer algo que ajude, agradeço!
submitted by Enscie to u/Enscie [link] [comments]


2020.09.22 22:57 Enscie Estourei/Chorei/Crise de ansiedade/Muita coisa junta/Fiz besteira/Será que tem volta?

Sou homem tenho 24 anos e cheguei no meu ápice... Chorei sim, gritei, perdi o controle... entrei em crise e até dei um soco na minha cabeça num momento de descontrole... (Me Arrependo)...
Comecei a trabalhar ontem... onde minha ex trabalha as primeiras horas foi só sofrimento... minha mente querendo ver ela, saber dela, se cruzar com ela... Depois ao ver algumas pessoas novas, bem de vida sabe! E eu não, sofri ao ver a moça falando vou chamar o "TI", Até novembro de 2019 eu era o "TI" numa Instituto federal do estado, Estagiário, mas era o "TI" e curtia ser o cara da solução, deu problema e eu sou o socorro, isso me da satisfação! Mas larguei meu super estagio que meus supervisor queria até fazer por mais um ano o contrato... devia ter ficado... Mas pq namorava e ganhava pouco eu queria fazer uma super comemoração para nos... Num parque aquático ou uma viagem de dois dias... Ou algo super maneiro, mas no fim, mesmo mudando de emprego e sofrendo muito no novo... não rolou nada pois ela desanimou de fazer qualquer coisa.... E fomos aqui mesmo na cidade! Isso me machucou... Não que não foi legal, mas pq não rolou.... Tenho a a sensação que ela nunca me amou, só me queria por perto pq fazia bem... Enfim... Terminamos em janeiro e ainda sofro por ela... Sinto uma dor no coração, uma falta... um pedaço... algo precisa ser preenchido... mas não só isso... Um pensamento constante nela... Fui até na igreja atrás de Deus pra ele restaurar a relação... Fiz isso durante a pandemia em uma que permaneceu aberta com todos os cuidados e tal... Dava umas 5 pessoas, pois eles tem a radio então dava pra o povo acompanhar.... Mas eu queria estar lá, foi bom sim, mas foi mal também... Pois cada mensagem de vai dar certo, vai ser restaurado eu associava a ela e acreditava que ia ter ela de volta... Cada vez mais e mais, até que comecei a ficar ouvindo mensagem o dia todo, buscando um nível em Deus q eu vejo que criei para alcançar o que queria.... Deus existe, mas parece que ele estava o tempo todo tentando me dizer que tem o melhor pra mim e só precisava eu parar e dar ouvidos ao bem que ele estava oferecendo... mas eu foquei nela, ela era o que eu queria e cada mensagem eu buscava achar algo que encaixava pro que eu buscava...
QUE FIQUE CLARO, DEUS É REAL E NOS AJUDA, MAS EU POR TER INDO EM UM LUGAR MAIS CONSERVADOR E ASSOCIADO A MINHA VONTADE A PALAVRA, CRIEI ESPECTATIVAS RUINS EM RELAÇÃO AO QUE EU QUERIA, JÁ QUE EU BUSCAVA ALGUÉM E NÃO UM BEM MATERIAL E ETC... OU O FUNDAMENTAL QUE É O PROPRIO DEUS... E DEUS NÃO PRENDE PESSOAS A ELE E A OUTROS... ENTÃO ACHO QUE ISSO JÁ EXPLICA TUDO.
O PARECE DIFICL E EU ENTEDER ISSO, MAS VOU ENTENDER!
Mas em julho eu larguei mão por não suportar mais esperar por ela e depois de tanto sofrer também fui deixando Deus de lado... Infelizmente... Sabe hoje eu me atrasei no segundo dia de trabalho e por sempre ter chegado atrasado, passado por isso ai... Estar com vários medos e uma ansiedade que aumentou muito depois dessa pandemia eu surtei... Estou sofrendo com insônia também e não dormi direito a noite, menos de três horas noite passada e na anterior o mesmo... e antes um pouco mais... semana passada muitos sonhos que fazia acordar com cabeça pesada... Surtei, chorei e bati na cabeça como falei... acabei por não ir no segundo dia... Acho que vou sofrer uma penalidade no serviço! Infelizmente não sei oq fazer mais.... estou escrevendo isso pois dormi e estou melhor agora! Tive dor de barriga e vontade de vomitar também e até dor de cabeça... Que passou depois da bancada... E na hora até o turbilhão de pensamentos sumiu na hora depois da pancada... ficou claro os pensamentos, mas agora já tem um certo embolo de novo... O trabalho parece legal, o fato ex estar lá me causa certo sofrimento... mas pior que ir lá me ajudou muito... Deu uma alivio no fim do dia... Mas não sei se passo de 45 dias pelo falto de hoje... :(
Não quero ser um peso pra minha família... Não quero ser um peso pra mim, quero que minha mãe sinta orgulho, meu pai, irmão... Pareço um cara frágil que a namorada achava frágil e quando viu esse lado frágil, não surtar pois nunca fiz isso perto dela, nunca cheguei num ápice assim perto dela, já passei por algo parecido mas me recuperei muito em 2015... Então em 2018 achei que estava bem, jogava, saia , conversava e tudo mais... Então me abri pra namorar... ela me achou incrível... mas quando viu que eu tinha ainda alguns traços dessa fragilidade foi em bora... Pois deve ter achado que eu não ia dar futuro... Em fim, talvez eu não creia em mim... Mas as pessoas dizem que eu tenho e tenho dons, talentos, habilidades e tal... ainda mais com TI! Não sei, preciso me ver... uma vez no psicólogo ele me contou sobre narciso e queria que eu olhasse pra mim e se apaixonasse por mim.

Bem só queria saber o que dizer no trabalho amanhã... Tenha um contrato e um compromisso, e posso sofrer multa e ser processado... Enfim, não quero manchar mais uma vez minha carteira... pq quando sai do estagio... logo depois menos de um mês sai do trabalho pois a equipe começo a me seguir dizendo que a forma que eu atendia os clientes e ensinava o soft estava errado e sempre eu falava algo eu via o olhar de desaprovação... mas eu sempre busquei fazer oque aprendi no estagio... se conectar com a pessoa pois a pessoa e que precisa de ajuda e não o soft...Não que eu seja o "cara" mas acho que aprendi certo com meu supervisor e geral na escola gostava de mim e eu era o cara da "Ti", mas não dei o devido valor!

Queria desabafar e me sinto pouco melhor... grato a cada um que leu aqui e se puder dizer algo que ajude, agradeço!
submitted by Enscie to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 18:37 is-a-porn-throwaway Preciso desabafar sobre meus desejos

Pelo menos debaixo da sombra do anonimato posso ser sincero. Sempre tive atração pelos dois sexos. Mais por mulheres do que por homens, e isso sempre me incomodou, e sempre era um ponto de insegurança. Fora que, na minha adolescência, experimentando, descobri que inserir objetos roliços no ânus dava prazer, mas sempre depois dos atos me sentia super culpado, porque pra mim era ou hétero, ou homossexual, sem meio termo. Depois da adolescência, queria parar de inserir objetos roliços, mas sempre tive recaídas. Eu achava que sentia vontade de colocar no cú porque nunca tinha feito sexo... Como sou introvertido, foi um puta trabalho pra perder a virgindade, mas corri atrás disso e perdi, arranjei namorada, e confirmei que gosto sim de buceta. Mas sempre tinha algumas recaídas... tipo 6 a 8 meses sem sentir vontade, e numa semana a vontade era tanta que eu cedia. Daí terminou o namoro, e eu fiquei com os brinquedos porque ela ia morar com os pais e não tinha como guardar. Tive uma recaída me senti culpado e joguei fora. Fiquei 3 anos sozinho, tendo recaídas, e achava que era porque não tinha namorada. Fui atrás disso e arranjei namorada, mas adivinha! Continuava sentindo vontades, volta e meia comprava um pepino ou dois e usava. Ano passado comprei uma prótese, e me arrependi de não ter comprado antes. Resolvi parar de me sentir culpado pelas minhas vontades e me aceitar: não sou totalmente hétero e não sou totalmente homossexual. Resolvi me aceitar como Bi. Não vou sair do "armário", mas eu sei, é um FATO, dar o toba pra mim é gostoso e chupar buceta também. Nunca experimentei com um membro de verdade, e tenho bastante vontade, mas estou em um relacionamento sério e não quero trair minha parceira. Já tentei dar uns hints pra ela fazer uma inversão de papeis, só que ela não curtiu a ideia. Enfim... Tenho vontade também de participar de um swing, de um ménage MMF, mas de novo, minha parceira não tem interesse. O sexo com ela é gostoso, minha convivência com ela é boa, mas ultimamente estou me sentindo sexualmente frustrado.
submitted by is-a-porn-throwaway to sexualidade [link] [comments]


2020.09.22 16:00 Triiggerr Tente não ser social awkward

Antes de mais nada desculpa pelo termo em inglês. Eu não sei se existe um nome pra isso em português.
Minha história começa ha 3 anos. No final de 2017 meu cachorro morreu e eu era muito apegado a ele e eu fiquei sem rumo e sem motivo pra continuar vivo. Eu só continuei indo pela minha mãe e pelo meu pai senão eu tinha me matado.
Alguns meses desse estado mental de desistência eu já tinha perdido basicamente toda minha habilidade de socializar e interagia basicamente com 3 amigas na minha sala e não conseguia ter um diálogo com mais ninguém direito.
Até que em abril de 2018 eu conheci uma menina e eu conseguia conversar com ela de verdade e eu me apaixonei por ela e a gente começou a namorar. Eu fiz tudo que eu podia e tudo que eu não podia por ela. Gastei Todo o dinheiro que eu tinha, peguei dinheiro emprestado, paguei no crédito sem saber como q eu ia arrumar dinheiro pra pagar o boleto no final do mês, Briguei com meus pais, parei de conversar com uma menina q ela não gostava, fiz coisas que eu não gostava/não queria. Isso tudo ao longo de 2 anos e meio de relacionamento.
Por mim tava tranquilo por que eu amava ela e as outras coisas não eram tão importantes mesmo. Porém além disso tudo eu também parei de interagir muito com meus amigos quando eu não estava na escola por que eu ficava sempre com ela fazia tudo com ela e etc.
A consequência disso foi que atualmente, depois de formado no ensino médio, eu interagia basicamente só com a minha namorada, conversando muito raramente com meus amigos que são um total de 4 pessoas sendo que a pessoa que converso mais fequente eu falo tipo uma vez a cada 15 dias ou algo assim.
Pulando pra sábado passado minha namorada falou comigo que ela me amava apenas em X circunstâncias, que ela não me apoiaria a fazer tudo que eu achasse correto e que eu só era a prioridade dela a não ser que ... (qualquer coisa que ela decidir). Ela já tinha apresentado esse comportamento antes de priorizar outras pessoas e outras coisa a cima de mim mas eu não ligava por que eu amava ela. Isso que ela falou já me fudeu com todas as forças mas eu não fiz nada só fiquei triste e com raiva.
No domingo ela terminou comigo. Falou que não tava dando certo pra ela a um tempo ja e que achava que era a melhor coisa a se fazer.
Agora vem a explicação do titulo. Tente não ser social awkward. Como eu só conversava com ela e não interagia com mais ninguém direito eu estou completamente desorientado. Meus pais e minha irmã tão me dando uma força daora e eu consegui conversar a respeito com uma amiga minha mas eu simplesmente tô abandonado sozinho no mundo. Por que eu vejo as coisas penso as coisas e quero contar pra alguém mas não tem ninguém pra contar por que eu só conseguia conversar mesmo com ela. Ontem eu tive uma crise de ansiedade que durou tipo a tarde inteira por que eu tava completamente perdido no mundo e na minha vida.
Além disso tudo eu não posso fazer nada que eu gosto o que piora tudo infinitamente. Eu sou músico violonista e pianista e sou programador. Porém no último mês eu tenho tido um problema na mão que acredito ser tendinite que toda vez que eu vou tocar ou mexer no computador minha mão começa com uma dor insuportável (Mas já marquei um fisioterapeuta e vou consultar essa semana ainda). Então nesse momento eu tô sem ninguém pra interagir direito e sem poder tocar ou mexer no computador o que piorou tudo.
O que ta me "segurando no lugar" são meus pais, minha irmã, meu cachorro(que veio pra minha casa ano passado) e a amiga que eu consegui conversar. Mesmo assim eu tô tendo crise de ansiedade e começando a chorar do nada e ficando olhando pra parede pensando que que aconteceu e pensando como que o universo gosta de me fuder por que no último ano tudo deu errado pra mim menos o meu namoro e agora o namoro deu errado também.
A moral da história é não pare de interagir com seus amigos em nenhuma situação. Não baseie toda sua sanidade e paz de espírito em uma pessoa por que a gente nunca sabe o que vai acontecer. Eu queria e acreditei que eu ia casar com ela e a gente ia ter filhos e uma família e ficar juntos pra sempre mas o universo tinha outros planos pra gente.
Tente ao máximo não ser social awkward por que isso doi muito e eu espero que mais ninguém tenha que passar pelo que eu passei ontem.
Desculpa pelo texto gigante eu não consegui falar sobre isso com mais ninguém direito e aqui me pareceu um lugar apropriado.
submitted by Triiggerr to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 03:11 ordep13 Descobri q tenho herpes labial

Hoje foi um dia muito estressante, tipo eu queria deletar o dia de hoje. Agora a noite, após vários episódios estressantes aqui em casa eu olho no espelho e vejo q tem umas bolinhas na minha boca, decidi olhar com minha mãe se era herpes e ela falou q era. Bom muito provavelmente elas estouraram por causa de stress mas eu não sei de onde eu contrai. To falando isso aqui pq eu to mt bravo q eu tenho herpes, não sei se devo falar pra minha namorada ou se eu espero eu ver ela pessoalmente pra falar “não me beije agora” não sei como eu faço pra essa merda sumir rápido e eu não sei como eu peguei essa desgraça.
Bom é isso. Me deem dicas de como fazer isso sumir depressa e como fazer pra evitar q apareça com frequência. (Indiquem pomadas e algum remédio, passei bismujet mas não sei se resolve)
Ok esse foi top 1 desabafo merda desse subreddit
submitted by ordep13 to desabafos [link] [comments]


2020.09.21 16:58 leticia0as Ele parecia legal...

Oi Luba, editores, gatas, possível convidadx e Turma que está a ver.
Eu estava mexendo no insta até um cara começar a me mandar Dm e eu fui ver sobre o que era.
No começo ele parecia ser bem gente boa, usava vocabulário formal e etc, então ele pediu para ser meu amigo e foi quando eu disse que a gente devia se conhecer melhor, já que ele supostamente morava em outro país.
Quando eu disse isso, ele na hora me mandou uma foto, mas tinha tanta edição e filtro que eu comecei a ficar com um pouco de medo.
Ele me perguntou se eu namorava, daí eu respondi que eu tenho a melhor namorada do mundo.
E tipo, ele foi meio homofóbico comigo, mas eu não tenho tanta certeza. Talvez eu só estava sendo babaca com um cara que foi meio insensível.
Eu saí do armário para os meus amigos no começo do ano, e ver o jeito que um cara, que não me conhece, me tratou; me fez ficar com mais medo de me assumir para a minha família.
Eu mandei a história para os meus amigos e eles foram super legais comigo, mas lá no fundo eu ainda estou bem triste.
O link para vcs lerem as conversas, tem um que está fora de ordem: https://imgur.com/a/nmnXFWn
Para quem não conseguiu abrir no Imgur: https://photos.app.goo.gl/gTahC7zgJMesSyE68
Obs: o texto está em inglês
submitted by leticia0as to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.21 12:59 salveaminhavida Vocês podem ajudar a mim e a minha noiva?

Olá a todos. Essa é uma conta joga fora, pois tenho medo de me expor por agora e estou aqui para pedir uma ajuda a quem puder me ajudar. Eu me chamo Marcelo (nome fictício) e moro em um bairro pobre do interior de SP. Moro aqui desde 2014, quando perdi o meu emprego no interior de MG. Vim para cá ao ficar desempregado, para ficar perto da minha namorada, a única que eu tive na vida (e dei muita sorte em encontrar ela, é uma das pessoas mais especiais que conheço). Tenho 29 anos, 1,80 de altura e peso 200+ kg.
Como você já pode imaginar, o problema com o qual eu preciso de ajuda é esse. Tenho obesidade mórbida grau III e a minha namorada também. Ela é secretária de uma médica e através do seu trabalho conseguiu um grupo de profissionais que estão nos ajudando através de um trabalho voluntário. Eu e ela temos psicóloga (uma diferente para cada), uma endocrinologista e uma nutricionista. Graças ao trabalho dessas pessoas, tivemos grande evolução através de uma reeducação alimentar que tem surtido muito efeito, apesar de infelizmente não ser o suficiente.
Bom, antes dessa pandemia eu estava com um trabalho maravilhoso para uma empresa canadense. Tinha passado no processo seletivo em janeiro desse ano e comecei a trabalhar, até que quase 3 meses depois o projeto foi encerrado devido ao cenário mundial. Durante o tempo em que trabalhei, pude investir pesado na nossa saúde, custeando sempre os exames necessários, fazendo minha reposição hormonal com testosterona (minha produção é extremamente baixa, devido à obesidade), pagando transporte de ida e volta para uma academia de hidroginástica e fazendo hidroginástica. Vejam, antes da pandemia já estávamos sendo acompanhados por essa equipe de profissionais da saúde, mas a reeducação alimentar, além de ainda ter sido por pouco tempo, ou seja, não tínhamos avançado tanto nessa questão, não estava sendo suficiente. Foi quando começamos a fazer hidroginástica que pudemos ver que era possível emagrecer, pois ambos tivemos bons resultados durante esse tempo. Foi a prova que a gente tanto precisou para enxergar que poderíamos recuperar a nossa saúde sem enfrentar uma fila gigante e um procedimento extremamente invasivo.
Aí veio a pandemia, perdi meu trabalho. Meu pai me ajudava com o que podia, minha mãe também. E então dois meses depois, perco o meu pai. Ele era advogado, mas nunca teve dinheiro. Morava de aluguel e apesar de ter muitos processos, a maioria era pro bono, pois o que ele mais gostava de fazer era ajudar o próximo. Com isso, não deixou nada para mim. O que estava difícil ficou ainda mais (mas reconheço que tem muita gente em uma situação financeira pior que eu).
Com tudo isso o nosso tratamento ficou estagnado, até que a nossa nutricionista me deu a ideia de usar meu tempo ocioso para fazer uma hortinha em casa. Então fiz isso e aí vieram mais resultados da reeducação alimentar, pois passei a comer alimentos que nunca gostei (mais uma vitória e mais uma prova de que a gente consegue chegar lá).
Como você talvez possa imaginar, nós não temos indicação médica de fazer o que é simples e acessível, que é caminhada. Na real até tentamos, apesar dos riscos, mas toda vez que a gente tentou eu me acidentei e fiquei com a perna roxa por alguns dias ou semanas. A indicação para o nosso caso é algo que possa nos trazer segurança, como a hidroginástica que estávamos fazendo. Com a pandemia, além de não sair de casa por estar no grupo de risco (minha namorada trabalha presencialmente no consultório da médica, ela está tendo o Uber de ida e volta custeado pela patroa), também não vou conseguir aderir novamente à hidro. Para uma pessoa como eu, já é difícil encontrar força para me deslocar diariamente, mas ainda vivi situações tristes e extremamente constrangedoras por lá.
Aderir à uma atividade física é difícil para mim. Mas há uma que me trás alegria e prazer em fazer e é por isso que resolvi vir aqui pedir ajuda. Antes de vir para Ribeirão Preto, somente um exercício me trazia prazer: andar de bicicleta. Eu pedalava 40 kms, andava sempre sozinho, mas a cidade que morava é pequena e não tão perigosa como aqui. Na real eu adoraria poder ter uma bike novamente e sair andando na cidade, mas andar aqui com uma bike que aguente o nosso peso é o mesmo que sair com uma placa escrito “venha nos assaltar”. Então eu venho aqui pedir uma bicicleta ergométrica que aguente o nosso peso, pois ao contrário do que acontece normalmente quando alguém compra um equipamento desse para usar em casa, onde acaba virando um móvel para roupas usadas, nós vamos conseguir usar diariamente. O meu sonho hoje é poder colocar isso na sala de onde moramos (moramos com os meus sogros, mas eles já deixaram a gente colocar uma na sala, caso possamos ter uma) e gastar umas 2 horas do meu dia pedalando. Sem a dificuldade de estar em público, sem o gasto com transporte, sem os problemas ao enfrentar uma academia, vamos conseguir resultados e vamos conseguir sair dessa.
O uso desse equipamento tem o aval das profissionais que nos ajudam e posso me comprometer a digitalizar um laudo e enviar aos que eventualmente nos ajude. Eu encontrei somente uma única bike ergométrica no Brasil que aguente o nosso peso. Tenho pesquisado há algum tempo e o custo dela é simplesmente algo que nos impossibilita de adquirir. É a Kikos KR 13.6. No entanto eu não me importo se houver de alguma outra marca, a única coisa que eu quero é poder colocar ela na sala e começar a pedalar todo dia.
O que eu proponho é o seguinte: enviar o laudo da médica com a indicação de uso da bicicleta ergométrica, enviar uma carta da equipe de profissionais que nos ajudam de forma voluntária explicando o trabalho delas, enviar os nossos dados pessoas, criar um grupo de Whatsapp com os que puderem ajudar para relatar periodicamente os resultados, fazer um vídeo comprovando o local em que moramos e a nossa condição financeira e doar o equipamento quando não precisarmos mais (ou quando pudermos adquirir um equipamento mais barato que aguente o nosso peso futuramente). Em troca o que eu peço é a ajuda financeira para a aquisição da bike (ou a doação direta de qualquer bike que nos aguente), sigilo e compreensão. Eu tenho muito medo de me expor, já estive próximo do suicídio no ano passado e o meu maior medo é ser exposto e voltar a passar o terror que passei. Essa conta é joga fora justamente por isso. Tenho medo dos usuários de outras subs que lurkam por aqui e sei que já irão usar esse post de forma negativa nessas outras subs.
Eu sei que a situação financeira está difícil para todo mundo e sei que é muito provável que não consiga ninguém que possam nos ajudar com isso. Mas a nossa situação se agrava a cada dia e eu sei que a gente consegue sair dessa com a ajuda de quem puder.
Muito obrigado.
submitted by salveaminhavida to desabafos [link] [comments]


2020.09.20 06:37 Gacrux29 Seis meses em quarentena e contando...

Pois é. Seis meses trancado, sem sair pra nada, nem mesmo mercado. Saí apenas 3x para ver a minha namorada e foi isso. Não vejo meus amigos desde março. Eu perdi mais de 10kg pois parei com a academia e, mesmo treinando em casa, com as crises de ansiedade que vieram eu não consegui manter uma rotina boa.
A grande maioria das pessoas que tenho em redes sociais já age como se não tivesse mais pandemia. Me sinto um trouxa. Vejo geral indo em academia, balada, barzinho... E eu aqui me privando de tanta coisa, não consigo deixar de me achar um otario.
Outro dia ouvi de uma pessoa que ela tem "uma opinião diferente sobre a pandemia". Como se ter opinião diferente tornasse ela imune. Esta aí viajando e saindo todo fds.
Eu já completamente frustrado por ter perdido tanto peso, tanta sanidade mental. Os dias são sempre a mesma coisa. Trabalho de casa, e cada vez mais pesado. Eu não aguento mais ver uma tela na minha frente, pq passo o dia em frente ao PC. O que mais vou fazer? Não tenho muita opção. Sempre fui uma pessoa ativa, o sedentarismo tá me matando.
É isso :/
submitted by Gacrux29 to desabafos [link] [comments]


2020.09.19 14:53 TezCalipoca A ignorância é uma bênção

A ignorância é uma bênção. Não sei se alguém já cunhou essa frase antes, mas cada vez mais consigo perceber o quão verossímil ela é.
Não me refiro a ignorância bruta, à forma humana agressiva e violenta, de tratar das coisas sem conhecimento. A ignorância de não saber o que aconteceu com o computador e tentar consertar através de golpes na máquina. A ignorância de um homem que é incapaz de compreender a liberdade e a independência de uma mulher e com isso, parte para agressões, como maneira de justificar a posição superior que supõe estar.
Falo de uma ignorância intelectual. De uma falta de interesse sobre o mundo. Até mesmo de uma falta de ambição. Uma despreocupação com o futuro, com o que se passa em Brasília, com qualquer outra coisa que não seja o agora. Grande parte da população brasileira (quiçá latino-americana) se encontra nesse âmbito da ignorância.
Essas pessoas não possuem grandes metas de vida. Normalmente, no caso masculino, a grande preocupação, o grande sonho, é possuir um carro. Não precisa ser um carro completo, não tem problema pagar 72 prestações de R$500,00. O importante é ter um carro para chamar de seu, que possa usar nos fins de semana, ou quando quiser “dar uma banda”, como se diz por esses rincões gauchescos.
Até mesmo o carro pode ser algo simples. Afinal, o Gol caixa de 1992 é estiloso. Esses homens, que denomino aqui como ignorantes (e veja bem, não me cancele antes de entender o significado e a razão pela qual uso dessa nomenclatura!) almejam, simplesmente, um carro. Trabalham suas oito horas por dia em fábricas, lojas, mecânicas, eventualmente escritórios, com seu salário em torno de R$1.700,00 por mês. Não precisam de mais do que isso. É o suficiente para pagar as prestações do financiamento, os boletos de água, luz, internet e da TV a cabo que não usa. Até consegue fazer sobrar um dinheiro para sair beber uma cerveja com os amigos no fim de semana, ou ir em uma “baladinha pegá as mina”. Ou para tornar esse texto mais próximo da minha realidade geográfica, “pra pegá muié”.
Qual é a meta desses homens, após conseguir seu carro? Investir em uma educação, para poder ter um emprego melhor e que lhe seja mais aprazível? Preparar-se para viajar para lugares diferentes do mundo? Abrir um empreendimento? Não. O homem ignorante não tem ambição, não tem a capacidade de planejar. Para ele, alcançado o seu sonho de ter um carro com 24 anos de idade, é hora de seguir com a vida.
Muitos passam mais alguns anos usando o salário para fazer investimentos. Mas não em ações, negócios ou educação. Investimento no carro. Rodas, som, estofamento de couro, qualquer coisa é suficiente para que o homem ignorante queira usar seu suado dinheiro para fazer seu Kadett 1988 ficar mais atraente, mais potente, mais bonito. Outros homens, porém, não sentem tanta atração assim pelo seu carro. Que fazem então com seu salário? Usam com sua namorada.
A namorada. A mulher. Todo homem ignorante quer ter uma companheira. Não significa que ele seja fiel a ela, ou que ele a ame de verdade. O mesmo talvez seja verdade para com a mulher. O homem ignorante quer uma mulher porque para ele, somente assim ele poderá ter uma família. Mas que tipo de mulher iria se interessar por esse tipo de homem?
A resposta é muito simples. A mulher ignorante. Assim como sua contraparte masculina, ela também não tem ambição, não tem metas, não tem planos. Findo o Ensino Médio, com sua gloriosa festa de formatura, momento mais alto de sua vida, onde está embebida do carinho (nem sempre verdadeiro) de suas amigas. Onde recebe elogios pelo simples fato de respirar. Onde sente que alcançou uma conquista deveras relevante – e que talvez realmente o seja, se considerarmos o contexto da mulher ignorante.
Após esse apogeu da sua juventude, a mulher ignorante segue o mesmo caminho do homem ignorante. Algum trabalho simples, com pouco esforço intelectual, em lojas, supermercados, eventualmente como secretárias ou recepcionistas. Ninguém quer lhe oferecer uma função melhor. Ela não quer uma função melhor.
Qual o sonho dessa mulher ignorante? Ao contrário do homem, não é algo que se materializa em um carro. É algo maior: uma família. Em cidades interioranas, a forte presença de ideários machistas ainda faz as mulheres sonharem em ter um casal de filhos e um marido, em um casamento onde dificilmente haverá amor. Mais justo dizer que há uma obrigação nesse casório. Não querem ter suas vidas, seus sonhos, seus projetos. Querem apenas um lar para cuidar.
É nesse momento que os dois ignorantes se encontram e assim, dão início a sua longeva vida como casal. Talvez se conheçam em uma festa genérica. Talvez se conheçam nas redes sociais, com uma conversa genérica. Talvez sejam apresentados por amigos em comum, também genéricos. Independente de tudo, os ignorantes se encontram e começam sua vida ignorante de maneira conjunta.
Aos poucos os filhos nascem. Normalmente os ignorantes querem um casal de crianças, para que o guri seja educado pelo pai e a guria pela mãe. Assim como seus progenitores, esses pequenos também serão ignorantes, também herdarão essa falta de ambição, de visão, de planejamento.
Mas não vamos nos adiantar. Antes, vamos analisar o casal ignorante. Muitas vezes as amarras machistas se mantem nesses casais, onde a mulher assume o papel de dona-de-casa, como isso função natural feminina. Mas existem casos – muito mais movidos pela necessidade material – onde ambos trabalham. De qualquer forma, a rotina da família é sempre a mesma. As crianças estudam, pai e mãe trabalham. Às vezes há a visita de familiares, primos e tios igualmente ignorantes. As férias, no máximo, consistem em viajar para uma praia. E durante todo o tempo, a família ignorante vai para a mesma praia e faz a mesma coisa. Sentam-se na areia olhando para o nada, bebendo cerveja e mexendo no celular. As crianças, como lhes é próprio da infância, aproveitam para brincar no mar. A imaginação faz com que qualquer grão de areia possa ser único e divertido à sua maneira.
Mas as crianças viram adolescentes. Adolescentes ignorantes. Não há um interesse em estudar, a maior preocupação são as fofocas dos amigos (e dos inimigos) e dar uns beijos, eventualmente. Pai e mãe não fazem essa cobrança dos estudos. Afinal, única coisa que importa é passar de ano. Para que exatamente, não se sabe, mas é importante.
Durante toda essa existência familiar, esse homem, essa mulher e essas crianças ignorantes não almejam nada que esteja fora do alcance. Talvez não saibam da possibilidade disso. São facilmente maleáveis pelos fluxos constantes da sociedade, em suas vertentes sociais e políticas. O pai não entende nada de economia, mas sempre dá sua opinião infundamentada sobre alguma coisa. Normalmente leva em conta o que alguém lhe disse em uma mesa de bar. A mãe, se quer se preocupa com esses assuntos. À mulher ignorante lhe interessa apenas a fofoca, a intriga, os assuntos mundanos próximos da sua realidade. O arroz está caro? Que pena, mas sabia que a tia da Neusa, que era casada com o Robson, agora se casou pela terceira vez, dessa vez com um paranaense?
E os adolescentes ignorantes? São esponjas de ondas políticas e sociais, nem sempre com boas intenções. Quantos por aí sequer abriram um livro na vida? Não possuem nenhum senso de cultura a não ser aquilo que a massa consome. Tom Jobim? Legião Urbana? Djavan? O que lhes interessa é o MC alguma coisa, a dupla sertaneja de nomes genéricos, no máximo alguma cantora pop de renome internacional, como uma Anitta.
Ainda assim, essas pessoas são felizes. A maior preocupação é o entretenimento. O homem ignorante só quer sair nos fins de semana com seus amigos beber cerveja, comer carne e assistir ao jogo de futebol. Mesmo depois de casado, sua maior preocupação continua sendo o futebol e uma eventual bebedeira com seus amigos. A mulher ignorante, mais limitada ainda, só se preocupa com a vida dos outros. Nada lhe deixa mais feliz do que se reunir com suas amigas para conversar sobre a vida das vizinhas. Não há satisfação maior na vida.
E aqui venho novamente dizer que a ignorância é uma bênção. Por quê?, talvez você me pergunte. Afinal, após toda essa crítica a esse lifestyle dos ignorantes, como posso afirmar que isso é uma bênção?
Certa manhã, estava eu, estudando, como tenho feito nos últimos meses. Após estudar o que havia planejado, decido ouvir um pouco de música. Minha criação não foi a mesma de uma pessoa ignorante. Desde criança, minha mãe sempre me incentivou a estudar. Quando eu tinha cinco anos, ela me comprou uma Revista Recreio. A partir daí, desenvolvi um grande interesse pela leitura, pelo conhecimento. Paleontologia, arqueologia, história, até mesmo a criação geológica do planeta, tudo isso me fascinava e me instigava a ir atrás de explicações, de respostas.
Mas estou divagando. Voltemos à música. Meu gosto musical, não sei como foi desenvolvido, mas é um tanto, digamos exótico. Sou um grande aficionado por estilos musicais que não são muito ouvidos pelos rincões do Rio Grande do Sul, onde vivi minha adolescência e meus primeiros anos como adulto. Tango, salsa, jazz, blues, bossa nova, só para mencionar alguns. É claro, não quero dizer que sou um erudito, até porque também gosto de ouvir estilos musicais mais populares.
O ponto que quero tratar aqui, é que nessa manhã, após os estudos, decido ouvir um tango, enquanto me arrumava para sair. A elegância e a qualidade musical me deixaram estupefato de maneira única e logo comecei a refletir sobre meu futuro e como adoraria, em alguns anos, visitar novamente Buenos Aires.
Logo que penso nisso, vejo o que tenho feito da minha vida. Quantas preocupações, ânsias, tormentos não tenho passado por conta do futuro? Em pensar se terei sucesso no que almejo? Não pretendo compartilhar meus sonhos, mas com certeza é algo muito mais grandioso (é claro que é relativo, mas me refiro no sentido de esforço) do que um simples carro.
Pensar em quanto eu e tantos outros, que estão fora dessa categoria de ignorantes, se preocupam com essas questões, me deixou reflexivo. Basta ver a quantidade de pessoas ansiosas no Brasil. Ansiosas por esses mesmos temores: será que terei sucesso? Será que conquistarei o que almejo? Será que vai dar tudo certo? Preocupações essas que os ignorantes não possuem. Afinal, a cerveja da sexta-feira é garantida.
É claro, os ignorantes ainda se preocupam em quem sabe perder o emprego. Mas normalmente, seus trabalhos não requerem muito esforço. Os ignorantes só querem receber o salário, sem se preocupar em buscar uma posição melhor, uma renda melhor.
Com isso concluo que a ignorância é uma bênção. A ignorância lhe permite ter uma vida feliz. Uma vida simples, sem variar muito, mas sem dúvida feliz. Uma vida protegida das hostilidades do mundo, uma vida abençoada, pela ignorância. Através desse véu que ilude e que engana, os ignorantes são satisfeitos.¹
¹É claro que existem inúmeras questões sociais em torno do que compõe os ignorantes. Educação fraca, ausência de ações sociais, pobreza, enfim. Mas o propósito desse devaneio, não é questionar esses problemas, ou sequer apontar as consequências dessa ignorância intelectual. É refletir sobre como a vida é simples para aqueles sem conhecimento. Se você considera como boa, ou ruim, depende de você.
submitted by TezCalipoca to desabafos [link] [comments]


2020.09.19 02:00 _TerribleLizard_ Bateu uma deprê agora

Meus dias ultimamente têm se alternado em péssimos e medianos. Já tem um bom tempo isso, mas o filho da puta do coronavírus só fez piorar.
Alguns anos atrás, eu saía quase todo fim de semana, com meus amigos ou com alguma garota que eu conhecia no tinder (eu tava ficando bom com a mulherada rs).
Mas do fim do ano passado pra cá, minha vida tá num limbo inacreditável. Não tenho mais amigos, a namorada que eu tinha desde setembro do ano passado terminou comigo, não consigo mais matches no tinder e na vida real elas nem olham mais pra mim, apesar de eu não ter descuidado da minha aparência (malho e faço caminhada quase todos os dias, tenho um bom porte físico e uma barriguinha que eu tenho tentado me livrar), meus avós estão cada vez mais frágeis, meu pai me despreza por não ter um emprego, e por aí vai.
Me incomoda as pessoas falando que eu tenho que confiar em Deus e tal.Porém, eu às vezes penso que seria bom eu frequentar alguma religião, eu tenho uma certa curiosidade com o Islamismo (os ritos e a devoção dos muçulmanos me causam um certo fascínio), mas se eu entrasse eu ia ficar mau falado que só.
Ah, não sei... Só queria falar mesmo.
submitted by _TerribleLizard_ to desabafos [link] [comments]


2020.09.19 01:27 GeminiMonkeys Já faço terapia e tenho apoio na vida mas estou desabando

Gente, eu sou bem privilegiado, estou com uma terapeuta há quase um ano e tem sido bem bom pra mim (já estive com terapeutas bons e ruins pra saber a diferença). Estudo numa particular (medicina) e minha família e namorada me apoiam em tudo (ainda não ganho dinheiro pra me sustentar, mas o que ganho fazendo traduções eu não gasto, eles me bancam).
Mas na última semana eu tenho desabado até chegar hoje que eu não consegui ir pro hospital (ter aula). A pandemia está me quebrando, meus pais são grupo de risco e a faculdade força a barra pra manter aulas presenciais. Todo fds sai uma decisão nova na justiça proibindo e outra em seguida permitindo. Meus amigos começaram a me chamar pra ir nas casas deles e eu fico mal de ir ou de recusar (não fui ate agora).
Hoje não consegui sair de casa, toda hora me dá vontade de tremer e chorar. Eu não me sustento ainda mesmo com 28 anos, eu não sinto firmeza em nada que faço na vida, eu sinto que meus pais podem pegar covid a qualquer momento e eu não me vejo mais como um bom amigo pra ninguém, sou um lixo de pessoa. Só tenho vontade de me retrair e ficar absolutamente sozinho, não escutar nem barulho. Só quero que isso passe...
submitted by GeminiMonkeys to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 07:38 jhowjhow_ Ser introvertido me fez ser infeliz

Não falo em ser anti social, mas sim introvertido e timido. Nunca tive com quem conversar sobre qualquer coisa, mas não acho que isso seja o culpado.
Tenho receio de nem conseguir ficar com alguém por causa disso. É algo que não sei se me deixa aflito ou algo do tipo. Quer dizer, claro que eu fico meio triste, pra baixo as vezes. Mas sempre penso comigo mesmo que uma hora isso acaba.
Cara até hoje só tive uma namorada, a gente ficou junto durante uns 2 anos e meio. Foi muito legal. E foi a primeira e última mina que eu fiquei.
Tenho 20 anos, tô um pouco gordinho mas não me considero um cara feio, acho que sou normal. Me importo bastante com minha aparência, tento sempre ficar apresentável, mesmo não tendo muita grana pra ficar comprando roupa. Então a máquina de lavar trabalha 7 dias por semana kkkkk. Pelo menos a roupa fica cheirosa.
Não me considero como alguém indesejável ou chato de se ter ao lado, acho que meu maior problema era não saber manter um papo ou algo assim, mesmo eu me esforçando ao máximo. Antes era pior, mas ultimamente tô muito mais maduro em relação a isso, agora já consigo conversar normalmente com outras pessoas sobre vários assuntos.
Eu tenho muito problema em me expressar, já que como não tenho com quem falar, acabo que guardo tudo pra mim mesmo. Nem com minha mãe eu consigo me abrir. Sei que faz mal, mas não consigo falar o que tá acontecendo comigo.
Provavelmente eu acabei botando na minha cabeça que ninguém nunca tá nem aí pros sentimentos dos outros, então não tem necessidade de me expressar. E eu sei que isso não é totalmente mentira.
Sou muito na minha, mesmo não querendo eu acabo não falando muito. Mas não é por que eu não quero, mas sim porque não tenho muito jeito.
Agora mesmo tô me embolando nas palavras pra escrever aqui.
Nem sei se vou postar porque acho que acabei nem falando o que eu queria no começo.
A foda c.
submitted by jhowjhow_ to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 03:55 MEIXXMO Isso ta desnecessariamente longo hein

Vou falar várias coisas sobre mim nesse desabafo, não é nada interessante então é... só avisando.
Porra, 3 vez escrevendo essa merda hein... é realmente difícil escrever sobre si, porque eu quero anotar tudo o que se passa, mas são tantas coisas... sinceramente seria legal se eu parasse de complicar tudo, porque eu sei que sou eu quem está impondo muros e sendo uma merdinha, saca. Mas fazer o que, to na adolescência, e dizem que é uma fase conturbada mesmo, não?
"Por que você é tão estranha?" "Sua depressivazinha" "seus bostinhas" kkkk, ela provavelmente nem se lembra, mas eu fico aqui remoendo isso, e porra, por que que quando eu me sinto triste e choro, eu fico rindo????? VAI SE FODEEEER ISSO E BIZARROOO
Detalhe: desculpem pelas palvras de baixo calão, normalmente sou muito quieta, mas sei lá, eu sou "doente da cabeça" de acordo com ela, né? Kk porra, to fazendo muito drama sobre isso.... eu realmente queria ser calma do jeito que aparento por fora sabe, conseguir silenciar minha mente enquanto ouço lofi ou sei lá, mas fico lembrando das merdas que já fiz e isso me deixa tão, sei lá, é uma mistura de nervosismo com raiva e tristeza e arrependimento sabe, porque tipo, PRA QUE?! Eu SABIA que aquilo era algo extremamente burro, então POR QUE?!
Caara, sabe, foi com uns 11 anos que comecei a me afastar das minhas amigas, essa época foi uma merda. Eu adorava descontar minha raiva na minha pele, e consequentemente acabei usando moletom todos os dias quando ia pra escola~ kkk, minha mãe tinha vergonha de mim, odiava que que eu deixasse minha franja na frente do olho, mas adivinha, eu não deixava, ela que caía por eu sempre estar olhando pra baixo, e eu também acabei ficando cansada de colocar atrás da orelha. E sabe, até hoje isso é bem conveniente, porque quando eu acabo chorando na sala a franja esconde, na maioria das vezes, NA MAIORIA ESSA MERDAAA
A garota que sei la, eu gosto? Nao? Eu realmente não sei, só sei que quero estar com ela, ou sei la, pelo menos saber que ela está bem, as vezes percebe isso. "Você está bem?" Ela diz "sim" e ela sabe que eu minto, mas como? Eu sou tão mal mentirosa assim vey? Uma vez isso aconteceu num amigo secreto que eu deicidi de forma impulsiva ir, e quando vi como todos eram tão próximos, eu chorei... ela foi, perguntou sobre e eu menti, ae ela chamou o professor ;-; poxa, aquele dia me deixou triste, tipo, sei lá, eu fui muito estranha?? Quando ele tirou minha franja da frente e viu minha cara eu me senti humilhada, nao isso, mas tipo, envergonhada sabe? Ahhh sei laaaa
Minha relação com a minha classe não é das melhores, e por minha culpa. Lá todos são muito gentis, e eu acabo afastando todo mundo ao ponto de ja terem falado que sou "macumbeira" ou "satanista", mas sinceramente eu acho que mereço... antes dos 11 anos, quando eu tinha amigas, eu era mentirosa com minhas amigas, sempre exagerando verdades ou contando mentiras absurdas, me sentia superior a todos, disfarçava minha inveja por ódio e sei lá, quando notei isso eu realmente fiquei em choque... tipo, eu era muito amigável com elas e tudo mas quando eu sentia raiva eu acabava descontando nelas, ao ponto de ja ter deixado uma com dor de cabeça por causa da porra de um jogo. Até hoje me amaldiçoo por isso...
Sabe, eu nem duvido que seja só eu pensando nessas coisas, mas ainda assim... sei lá, me sinto mal perto das pessoas, nunca sei o que falar e acabo sempre mudando a conversa pra um rumo estranho ou desagradável. Eu prefiro muito mais me expressar agindo, tipo, eu já cozinhei doces para uma garota que não sei se gosto no sentido romântico, talvez eu só esteja confundindl porque sou uma virjona solitária ;-; mas ainda assim, adoraria poder conversar normalmente com ela... Enfim, agir é tão melhor, tipo, eu realmente queria chamar alguém pra ficar deitada comigo ouvindo lofi ou sei lá, cozinhando (amooo fazer doce, só sei fazer isso, comida de verdade é saudável demais pro meu gosto Ò ^ Ó kk mas eu ja disse isso né? Hum, acontece) mas é...
Foda que mesmo antes da quarentena, eu não posso sair de casa. Eu realmente odeio esse fato, sei la, queria poder ir no shopping mesmo que sozinha, saca. E deve ser muito reclamação de burguesa, mas ainda assim, odeio, ODEIO o fato de que eu sou atrasada, no sentido de só ter tido permissão pra lavar a própria louça com uns 12 anos ou até mesmo cortar minha própria comida. Ou sei lá, só participar de modinhas adolescentes de forma atrasada e vergonhosa. Eu só faço merda cara...
Sabe, agora eu tenho aquela coisa de controle dos pais porque eu não quis mostrar meu whats pra minha mãe (porque tipo, qualquer coisinha pra minhha mãe já é algo grande) e ela acabou explodindo. Odeio isso, não posso nem mais ter amigos online, e nem conversar com o Italo, um cara que realmente era um amigo foda que conheci por uns 1 ano e meio sabe, era tão hilário passar a madrugada com ele, E DROGAAAAA EU TO CHORANDO AGORA serio eu tenho tanta saudade dele :( mas sei lá, já se passaram uns anos e agora conversar com ele não tem mais aquele clima sabe, de tipo, eu poder falar abertamente sobre qualquer coisa. E se alguém começar com o papo de "ah ele pode ser perigoso e blablabla" primeiro: ele tinha namorada. Segundo: a gente só zoava vey, eu mal falava da minha vida mesmo, a nossa coonversa só fluía...
Bom, sei lá, é inútil ficar pensando nessas coisas mas ainda assim, não dá pra evitar, que hoje as coisas estão tão, tipo, chatas? Não é isso, talvez sem graça? Eu realmente não sei explicar... mas é, dá pra entender o que uma idiota introvertida e rude pensa nessa quarentena né? Eu não duvido que esteja enlouquecendo aos poucos, porque tipo, tá tudo tão perfeito, a gente vai se mudar agora pra uma casa muito melhor, eu tenho uma cachorrinha linda, agora posso mexer no fogao pra fazer minhas coisa mas sei la, eu teimo em ser a bosta que sou, hein, MERDAAAA Sabe Sempre que to sozinha eu acabo aprofundando esses e outros pensamentos, Eu sempre acabo chorando. Ae eu sempre repito: "Acontece" Isso realmente me deprime. Era pra acontecer? É normal isso? Tipo, deve ser, mas ainda assim, é tão doloroso, é tão irritante não poder mais sentir que posso me salvar. Tipo, eu não consigo imaginar meu futuro saca, eu sempre me vejo indo pra sacada aos 18 anos ou indo trabalhar pra uma empresa qualquer e ter uma vida qualquer. Talvez seja algo muito futuro, mas ainda assim, eu TENHO que pensar sobre isso.
Eu sei de todas as minhas falhas, sou chata, orgulhosa, feia, burra, lenta, desonesta e etc. E é por isso que eu me odeio... odeio tirar fotos, odeio fazer provas, odeio ter que me levantar e me esforçar pra qualquer coisa, porque no fim das coisas, nada disso vale o esforço. Eu vou morrer de qualquer jeito, então pra que me importar? Sabe, isso é um pensamento constante que inclusive uso para me acalmar. Eu cochicho um "eu vou morrer amanhã", e surpreendentemente, dá certo! Olha que legal, nossa! ;-;
Enfim, é, também não sei qual o objetivo desse texto, só acabei fazendo mesmo... nah, acontece.
submitted by MEIXXMO to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 08:19 k6vEIsy4d3 Processo por união estável

Olá! Alguém poderia me dar pelo menos uma idéia sobre isso: fui ameaçado pela minha ex namorada de ser processado por união estável, o valor que ela está pedindo é metade do meu carro e do meu apartamento que eu comprei sozinho, porém após namorar com ela.
Minha dúvida é, seria melhor eu vender meus bens e pagá-la pra evitar passar pelo processo, ou seria mais prudente aguardar ela me processar de fato? Isso poderia sair mais caro?
Pra dar mais contexto, namoramos 4 anos e meio, nunca moramos juntos, não tivemos filhos, nunca tivemos conta conjunta, ela não foi beneficiária de nenhum seguro meu, nem dependente de convênio, ou nada do tipo. O único tipo de documento que ela pode fornecer no processo são extratos de transferencias bancárias que fiz pra ela, no decorrer do namoro.
Não sei se isso tem valor judicial, mas também fui traído por ela no segundo ano de namoro, porém não tenho provas comigo.

Agradeço muito qualquer conselho! Obrigado
submitted by k6vEIsy4d3 to ConselhosLegais [link] [comments]


2020.09.16 16:39 GoomplerZ EAD e a vontade de desistir

Pois bem, em uma pausa de 30 minutos que eu me forcei a dar, escrevo esse desabafo. Está difícil. Sou aluno de ensino superior, no curso de medicina, que, assim como todos, ficou sem fazer nada desde o início desse ano peculiar. No começo da quarentena eu estava até mais tranquilo, fiquei com minha namorada em casa alternando entre estudos e descanso (ela é mais avançada no curso que eu, porém nós dois somos verdes demais para atuar). Enfim, o tempo foi passando e tudo foi acumulando: tristezas, angústias, sentimentos de impotência, desgastes psicológicos etc. somando a tudo isso minha universidade demorou demais a se pronunciar sobre o que seria de nós, então eu e todos os alunos (da área da saúde ou não) ficamos “à deriva” por uns 4 a 5 meses sem saber sobre qualquer decisão da reitoria. Isso mexeu muito comigo. Muito que bem, agora iniciaram-se as aulas EAD, após um longo período de debate da coordenação (e, novamente, os alunos quase cegos às decisões) iniciamos o EAD. Eu não sou contrário nem nada, fui favorável em todas as poucas votações que tivemos sobre o assunto, sei que é um método de ensino passível a falhas e desigual, no sentido de que muitos alunos não tem as mesmas condições de acesso, mas em tese é “melhor que nada”. Começou há uma semana e eu e minha turma estamos despedaçados. Os professores começaram sem dó nem piedade e, tanto eu quanto minha namorada, estamos indo dormir tarde e acordando cedo para fazer o mínimo. Eu me sinto mal, ando estressado, triste demais e desmotivado. É algo improdutivo e sinto que não consigo dar meu melhor não importa como. Desconto um pouco às aos meus próximos e fico mais magoado ainda. Sinto-me em uma situação lastimável, acordo estressado, agoniado e vou dormir pior. Para agravar a situação, eu tenho histórico de síndrome do pânico e já me vi à beira de estourar algumas vezes nesses últimos poucos dias. Enfim é isso. Estou aberto à qualquer comentário, talvez demore a responder. De qualquer forma, agradeço a quem leu isso tudo, de verdade e sei bem que existem situações bem piores que a minha, solidarizo-me com as mesmas. Obrigado novamente e força a nós todos!
submitted by GoomplerZ to desabafos [link] [comments]


2020.09.16 09:16 Matheuskeeeeeee Minha namorada e o amigo dela

Preciso da ajuda de vocês 😫
Antes de estar em um relacionamento com minha namorada, ela ficava com um mlk que era o Pedro. Eles brigaram por algum motivo e ela não quis mais ficar com ele, nessa época a minha namorada era na vdd minha amiga mttt próxima, me mandava os prints dos longos textos que ele fazia pra ela pedindo uma nova chance. Eles não tinham uma relação de amizade e não eram amigos, no começo da quarentena ja estávamos namorando e ela me contou detalhes dizendo que ele era louco pra ter uma relação sexual com ela pelo fato dela ser virgem, e tinha fetiche nisso.
Passado um tempão, mais precisamente no começo desse mês, ela me avisou no WhatsApp que estava saindo com ele para uma adega onde tinha mais gente, e eu fiquei incomodado lógico e disse pra ela. Ela disse pra mim que estava de aliança (não acho que isso tenha um peso enorme positivo ou negativo na questão da minha insegurança), disse também que ele sabia que ela estava namorando e respeitava ela.
No dia seguinte postou um print da conversa dos dois dizendo que iam sair pra encontrar uma tal de Júlia no fim de semana. Quando vi isso não aguentei de tanto desconforto e fui conversar com ela. A minha namorada, foi totalmente grossa e disse: ele é só meu amigo vc tá cego ou o que?
Depois no Twitter os dois sempre apareciam respondendo as coisas um do outro, e se eu fizesse ao contrário de voltar a ter uma relação com uma pessoa da qual me relacionei no passado sei que causaria um desconforto enorme nela e com certeza seria falta de empatia com o que ela sente
Foi quando ela me disse que ia sair de novo pro mesmo lugar com ele e com as outras pessoas e eu desisti de tudo. Mas ela me convenceu a ir junto para ver que não havia nada demais. Fui junto e não conhecia ninguém lá, quando perto do fim, ela me perguntou se eu iria ficar bravo caso ela desse uma volta de moto com o Pedro Nessa hora eu não queria causar desconforto nenhum pra ela e disse que não e tava tudo bem. Mas com certeza fiquei muito incomodado e por uns minutos fiquei esperando sozinho e quieto lá no banco, mas ela voltou pois o amigo que emprestaria a moto aos dois não cedeu.
Aí nesse fim de semana ela chamou o Pedro no WhatsApp e disse que estava com saudades, mas ele tinha saído com uma pessoa e sumido aí ela se incomodou e postou no Twitter: “nunca mais falo que to com saudade” e ele respondeu: “🤔”
Quando vi isso fiquei totalmente desconfortável e pra baixo de novo, pois no fim de semana e no horário em que ela postou ela estava vindo pra cá passar o sábado comigo. Então não aguentei mais de tanta insegurança e mal estar e decidi conversar com ela
Fui conversar com ela com o propósito de resolver como desse, e ela disse que ou teria de lidar com isso ou terminar. E daí eu disse que não conseguia lidar com isso de tanto desconforto que me causa e terminamos.
Mas depois de umas horas ela me ligou e pediu pra que a gente se visse na mesma noite (ontem), veio aqui em casa e leu uma carta pra mim, e disse que queria resolver ou até mesmo fazer terapia de casal pra que a gente continuasse juntos. Ela me disse que eles não eram amigos antes mas que agora são, que ele respeita que ela esteja namorando, e não deu em cima e quanto terminamos, aliás disse pra ela que ele não via sentido em ser o motivo do término, e chamou ela pra sair no fim de semana pra não ficar mal.
Enfim, aconteceu que eu e ela voltamos mas não resolvemos isso ainda, eu tenho medo de estar sendo abusivo com ela mas realmente a situação de ela sair com o cara que ficava antes me deixa muito inseguro. Sei que é um problema meu, levei pra minha psicóloga e ela me disse que eles não são só amigos e deveria explicar isso pra ela, e como dada a opção, não estar mais no meio disso.
O que ela me disse aqui na conversa, foi que se fosse com uma menina não teria problema algum então pelo fato de ser com o Pedro ela acha que não tem nada a ver. Disse também que eles são só amigos e não tem nada demais. Chorou bem de leve e disse que não queria terminar comigo.
Acontece que ontem eu voltei com ela e disse que tava tudo bem. Mas hoje lembrei e todos os fatos e não consigo não me incomodar com isso. Ela já disse que não tá disposta a ceder nada e eu que deveria ceder isso 😫 e agora mano
submitted by Matheuskeeeeeee to desabafos [link] [comments]


MEU IRMÃOZINHO TROUXE UMA MENINA PRA CASA (NAMORADA) - YouTube ACORDEI MINHA NAMORADA COM O QUE ELA TEM MAIS MEDO ... Ferrugem - Minha Namorada (Clipe Oficial) - YouTube EU TENHO UMA FILHA 😱 ‹ Ine › - YouTube ARRUMEI UMA NAMORADA - TEM BAGUNÇA Ferdinando tem uma EX NAMORADA?  Quarentena Vai Que Cola ... COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT! - YouTube FALEI QUE TENHO UMA FILHA PARA MINHA NAMORADA ... ELE TEM UMA OUTRA NAMORADA! E AGORA!? - YouTube COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT POCKET EDITION !

Tem como arrumar uma namorada sendo fora desse padrão?

  1. MEU IRMÃOZINHO TROUXE UMA MENINA PRA CASA (NAMORADA) - YouTube
  2. ACORDEI MINHA NAMORADA COM O QUE ELA TEM MAIS MEDO ...
  3. Ferrugem - Minha Namorada (Clipe Oficial) - YouTube
  4. EU TENHO UMA FILHA 😱 ‹ Ine › - YouTube
  5. ARRUMEI UMA NAMORADA - TEM BAGUNÇA
  6. Ferdinando tem uma EX NAMORADA? Quarentena Vai Que Cola ...
  7. COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT! - YouTube
  8. FALEI QUE TENHO UMA FILHA PARA MINHA NAMORADA ...
  9. ELE TEM UMA OUTRA NAMORADA! E AGORA!? - YouTube
  10. COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT POCKET EDITION !

Vamos 15.000 Gosteis pra mais vlogs aqui no canal ! Finalmente respondendo a pergunta de todas as pessoas se eu tenho uma filha e quem é essa criança nov... INSCREVA-SE: https://www.youtube.com/user/rezendeevil?sub_confirmation=1 MEU CANAL NOVO: https://www.youtube.com/channel/UCiO3RPRhg5blmMsw6YytKCg LIVRO NOVO ... INSCREVA-SE: https://www.youtube.com/user/rezendeevil?sub_confirmation=1 MEU CANAL NOVO: https://www.youtube.com/channel/UCiO3RPRhg5blmMsw6YytKCg CANAL DE MI... É dia de Santo Antônio e Dona Jô está animada. Jéssica baixa um app, o datebook, para ver quem têm ou tiveram “encontros” marcados. A revelação é descobrir q... COMO FAZER UMA MÁQUINA DO TEMPO QUE FUNCIONA NO MINECRAFT POCKET EDITION ! (Sem Mods) - Duration: 7:35. JP Plays 1,149,246 views EU NÃO ESPERAVA POR ISSO! Me siga Instagram: @Mamute_Congeladoo ( https://www.instagram.com/mamute_congeladoo/ ) Email de Contato Profissional: [email protected] Ouça no Spotify: http://bit.ly/MinhaNamoradaSpotify Ficha Técnica 'Minha Namorada' Diretor Edição Roteiro Raphael Vieira Produção Vivian Maciel e Fernand... ARRUMEI UMA NAMORADA Gravei um #guidoresponde espero que vocês gostem Deixe aqui sugestões de vídeos!!! Contato para eventos e parcerias pelo e mail [email protected] Beijaoooo. ALGO SINISTRO ACONTECEU NESSE VÍDEO! INSCREVA-SE: https://goo.gl/SmP63J ELE INVADIU A NOSSA CASA! (O JOGO) - FACE - part. 1 https://www.youtube.com/watch?v=... Hoje eu vou ensinar duas formas diferentes de se ter uma namorada ou namorado no Minecraft! CONFIRA E SARAIVA O LIKE!!! ===== TWITTER: https://tw...